sábado, 21 de maio de 2016

BRIGADU DOTOR



                                                   FOTO DA NET.


DOTOR, sinhor me adiscurpe
De tantu lhe apurrinhá
Mais é que eu percisava
Meu coração acarmá.
As faia que ele dava
Deloridas quar o quê
Disajeitosa eu ficava
Sem tê cumu intendê.
Ansim cumu os risquin
Do inzame lhe mostrô
No paper os pedacin
Das batida que faiô...
É cumo um eito de gente
Numa fila pa nadá
Se um pulá in antis da hora
Vai os zoto atrapaiá.
Adispois pa corrigí
Um tempim tem que se dá
Pru que vem dispois na fila
Intão já podê pulá.
Intindí bem direitin
E os remédio eu vô tomá
Prus risquin nos quadradin
Sem defeito se formá!




Nenhum comentário:

Postar um comentário